Home
Home Atualizações O Instituto Equipe Ensino Reservas Pesquisa Tecnologia Ação Social Publicações Entretenimento Produtos Serviços Notícias Imprensa Galeria Aconselhamento Contato Blog Forum

Login:
Senha:


Esqueceu sua senha?

Na Web No site



Entretenimento & Educação

Veja também outros temas desta seção

Entusiasmo e Otimismo. Grandes personalidades inspirando as gerações.


Por: Silvia Helena Cardoso

Grandes lideres otimistas já inspiraram ou inspiram centenas de milhares de pessoas com seu otimismo e entusiasmo contagiosos.

Louis Armstrong (1901-1971) foi uma dessas pessoas. Com sua voz e sua personalidade indiscutivelmente inconfundíveis e admirado até por aqueles que não são aficcionados por jazz, até hoje ele permanece como um dos maiores expoentes do Jazz tanto como cantor quanto por primeiro grande solista, com seu trompete. Foi um grande inovador. Transformou o jazz, que na época era uma mera música de dança de casa noturna, em uma destacada e popular forma de arte.

Armstrong era bem conhecido por seu enorme sorriso, otimismo, entusiasmo e criatividade.

Armstrong não se destacou apenas como ícone do Jazz. Ele tinha também uma personalidade brilhante. Era completamente emocional e muito conhecido por seu enorme e constante sorriso. Seu entusiasmo e otimismo era infindável e contagiante. Sua experiência de vida frequentemente refletia em sua música. Veja no vídeo abaixo um exemplo de sua expressão de otimismo, entusiasmo e amor pela vida.


Vídeo 1. Em uma de suas mais belas e conhecidas músicas, "What a a Wonderful World" (Que Mundo Maravilhoso), Armstrong reflete seu otimismo e entusiasmo pela vida.

Veja também: Arte com sombras (impressionante!) inspirada pela canção de Armstrong



Armstrong, com esta personalidade, nos transmite uma grande lição de vida: Otimismo e entusiasmo são duas forças poderosas para realizarmos nossos sonhos mais coloridos. Com otimismo imaginamos que podemos atingir nossos ideais, independentemente dos obstáculos E com entusiasmo, adquirmos energia e persistência na busca daqueles ideais.


Vídeo 2. Aqui temos a oportunidade de partilhar a contagiante alegria e entusiasmo de Armstrong. Ele colocava sua "alma" na música.


Felizmente não são apenas as grandes personalidades da humanidade que são munidas com otimismo e entusiasmo. Estas habilidades são inerentes ao ser humano e podem ser melhor desenvolvidas com mudança de pensamento e forma de encarar a vida. A ciência descobriu recentemente (publicação em novembro de 2007 na revista Nature) que o otimismo é gerado no cérebro. Ele é fruto de uma área específica desse complexo órgão (1,2, 3).

Área do otimismo. Que tal iluminar esta parte do SEU cérebro?

Fig.1 - Imagens de ressonância magnética funcional de um dos sujeitos que estava pensando sobre coisas positivas em seu futuro. Ativação destas áreas podem tanto gerar sentimentos de otimismo, como também de medo e depressão, dependendo das condições genéticas, ambientais e sentimentos internos do indivíduo. Crédito: Tali Sharot e Elizabeth Phelps.


Com a ajuda de uma ressonância magnética funcional, a equipe de Elizabeth Phelps, do Departamento de Psicologia da Universidade de Nova York, conseguiu observar a "geração" do otimismo no cérebro.

Eles viram que quando as pessoas imaginam possibilidades positivas sobre seu futuro, a amígdala e o cortéx cingulado anterior trabalham mais. Essas áreas cerebrais tem papel na geração e regulaçãoo de memórias emocionais. Curiosamente, também agem nas experiências ligadas à dor, medo, depressão e pessimismo, entre outras respostas emocionais, dependendo das condições genéticas e ambientais.

Com um cérebro equilibrado e força de vontade, como eliminação de pensamentos negativos, entusiasmo pelo que se faz, muitos sorrisos, boas amizades e alegrias, qualquer um pode iluminar positivamente as áreas cerebrais das quais emergem o otimismo e então alcançar seus objetivos e ser feliz.

Referências:

1. Science Discovers Brain Cells That Cause Optimism

2. Scientists Learn Why Hope Springs Eternal

3. Cientistas vêem pensamentos otimistas 'nascendo' no cérebro

4. Optimism: It's in Your Brain

5. Optimists may beat heart disease, study finds

6. Genetic determinants of optimistic personalities.

Artigo publicado em 29/12/2007

Inscreva-se no Fórum do Instituto da Felicidade. Basta enviar um email para:
instituto_da_felicidade-subscribe@yahoogrupos.com.br


Copyright© Silvia Helena Cardoso