Home
Home Atualizações O Instituto Equipe Ensino Reservas Pesquisa Tecnologia Ação Social Publicações Entretenimento Produtos Serviços Notícias Imprensa Galeria Aconselhamento Contato Blog Forum

Login:
Senha:


Esqueceu sua senha?

Na Web No site



Entretenimento & Educação

Biodanza.
As Palavras do Corpo

Por: Silvia Helena Cardoso

Tema: Arte e Cultura

"Investigar a Biodanza é como investigar um tesouro profundo no oceano ou assistir um universo indefinido cheio de belos e inacreditáveis milagres".

Estas são as palavras do Dr. M Stueck, pesquisador do Instituto de Psicologia Aplicada da Universidade of Leipzig, Alemanha, e ganhador do prêmio de excelência por seus trabalhos com redução de ansiedade de estudantes nas escolas e pesquisador do método de Biodanza. Ele encontrou em suas pesquisas que os maiores benefícios psicológicos da Biodanza foram a redução no estresse, queixas psicosomáticas e habilidades sociais melhoradas, especialmente a habilidade de desfrutar todas as atividades da vida social.

A biodança (do espanhol biodanza, neologismo do grego bio (vida) + dança, literalmente a dança da vida) é um sistema de integração afetiva e desenvolvimento humano baseado em “vivências” (experiências intensas no “aqui e agora”) criadas através de movimentos de dança com músicas selecionadas, e através de situações de encontro não-verbal dentro de um grupo, centradas no olhar e no toque físico (3).

O "sistema biodança" foi criado nos anos 60 pelo antropólogo e psicólogo chileno Rolando Toro Araneda, indicado ao Prêmio Nobel da paz pela criação da Biodanza. Nesta época, o Professor Toro lecionava na universidade do Chile a disciplina sobre Antropologia Médica onde estudou os efeitos terapêuticos da dança e da música em pacientes psiquiátricos. Observou que determinadas músicas provocavam reações nos pacientes da seguinte forma: em pacientes depressivos e outros com história delirante, verificou que as músicas lentas aplicadas para relaxamento aumentavam a sintomatologia depressiva e delirante, enquanto que as músicas com conteúdo alegre e eufórico, devolviam a identidade às pessoas e elas saíam imediatamente da depressão e do quadro delirante. Foi diante destes resultados que constatou o lado terapêutico da música e da dança e desenvolveu uma técnica de desenvolvimento pessoal que pudesse servir à humanização da Medicina, a qual denominou de Biodanza. (6)

Vídeo 1: Biodanza com presença de Rolando Toro

A Biodanza é uma técnica que promove o bem-estar mental, emocional e físico. Desenvolve a saúde, a coragem, a alegria de viver e a capacidade de resolver conflitos na família e no trabalho. Utiliza música e exercícios que resultam em movimentos que renovam o organismo, aumentando a defesa do corpo contra doenças, tais como: asmas, alergias, hipertensão, problemas cardíacos, digestivos e respiratórios, úlceras, gastrites, etc. Atua também sobre a insônia, agressividade, medos, fobias, vícios, ansiedades, angústias, entre outras doenças psicossomáticas, possibilitando o despertar dos sentimentos e da emoção, desenvolvendo os potenciais afetivo, criativo, energético e social, elevando assim, a auto-estima para um crescimento pessoal e profissional (6).

É aplicada à área Educacional (crianças, adolescentes, adultos, grávidas, pessoas de terceira idade, casais, etc.) a área de Reabilitação (crianças cegas, surdo-mudos, mastectomizados, depressivos, mal de Parkinson, psiquiatria, etc) a área de instituição (empresas, escolas, entidades filantrópicas, presídios, hospitais, etc.).

Ela se encontra difundida em diversos países, incluindo países da América Latina, Europa, Canadá, Japão e África do Sul.

Utilizando fundamentos da Biologia, da Antropologia e da Psicologia, a biodança se define oficialmente como um sistema de integração afetiva, de renovação orgânica e de reaprendizagem das funções originais da vida. Apesar de produzir efeitos terapêuticos, a biodança não é uma terapia, um esporte ou uma simples dança. É uma pedagogia da arte de viver, uma poética do reencontro humano e um convite para que se crie uma nova cultura baseada no som da vida. Seus objetivos são a promoção da saúde, da consciência ética e da alegria de viver (2).

Vídeo 2: Performance da Biodanza

Definições de Rolando Toro

Nas palavras do próprio Toro, a biodança é "um sistema que reintegra os seres humanos para viver a vida plenamente, com toda a sua intensidade. "Temos pouco a pouco esquecido a importância de coisas tão fundamentais para conseguir uma vida feliz como respirar, caminhar, comunicar nossas emoções e sentimentos, compartilhar, amar... Como se diz, nos esquecemos de sentir. A Biodanza pretende despertar estas funcões inatas do ser humano que estão quase totalmente reprimidas em nossa civilização. Utilizamos uma metodologia simples e efetiva que facilita a conexão de cada um consigo mesmo (suas necessidades e desejos), com os semelhantes (amigos, familiares, companheiros...) e com o universo (o entorno imediato e mais além). Porque é indispensável que esses três níveis de comunicação estejam integrados".

Diminuição da difusão no Brasil após os anos 90

Alguns praticantes da Biodanza admitem que este sistema está pouco difundido no Brasil (5, 6). Por que? Houve uma limitação, ao longo dos anos, das pessoas alcançarem os efeitos nobres propostos por Toro; Parece que alguns praticantes não tenham compreendido bem a filosofia e objetivos deste método e portanto não alcançaram os efeitos nobres propostos por Toro. Ex- praticantes relatam ter observado sentimentos completamente opostos à filosofia como inveja, exibicionismo, pouca sinceridade, seletividade, entre outros. Alguns referem-na como "um grande teatro"(6). Esta confusão parece prejudicar a difusão deste conceito. Os praticantes, de forma geral, deveriam compreender que o seu papel individualmente é parte importante do todo. Como o próprio método estabelece quando os praticantes estão por exemplo, de mãos dadas, "Se uma mão se solta, todo o esforço feito por um grupo se perde".

Referências:
1. Can we dance towards health?
2. Psychological Evaluation of Biodanza
3. As linhas de vivência
4. Por que a Biodança não "emplacou" de verdade?
5. Biodança, a dança da vida
6. Biodanza E Criatividade – Um Instrumento Para Avaliação De Competências
7. Marcos Menezes, Pesquisador

Sua participação:

Clique aqui para comentar esta página

Artigo publicado em 10/12/2007


Copyright© Silvia Helena Cardoso