Home
Home Atualizações O Instituto Equipe Ensino Reservas Pesquisa Tecnologia Ação Social Publicações Entretenimento Produtos Serviços Notícias Imprensa Galeria Aconselhamento Contato Blog Forum

Login:
Senha:


Esqueceu sua senha?

Na Web No site



Cérebro e Comportamento

Transtorno sutil afeta a vida profissional, social e afetiva

Por: Silvia Helena Cardoso

Faça o teste

Você também pode ter. Ajude outras pessoas a descobrir este destúrbio, enviando este endereço.

Há um tipo de pessoa que é considerada desorganizada, agitada, impulsiva, com manias, frustrada por não alcançar ideais, imprevisível, irresponsável, desnorteada, proscrastinada, geradora de conflitos, lunática, entre outros, alguns inclusive com hiperreatividade. Seu jeito de pensar, de sentir, de comportar-se, causam-lhe prejuízos na área profissional, social, afetiva e consigo mesmo.

Pessoas assim podem portar um transtorno neurobiológico vinculado a uma lesão cerebral, chamado de distúrbio do Deficit de Atenção (DDA). Essas pessoas devem procurar a ajuda de profissionais especializados na área para diagnóstico preciso e tratamento. Quanto mais cedo for diagnosticada e tratada, mais facilmente aprenderá a conviver com o DDA de maneira mais positiva, e menores serão os problemas com a auto-estima e auto-confiança, normalmente tão comprometidas. Este não é um distúrbio raro. Ele afeta 3 a cada 100 pessoas.

O DDA está relacionado a uma alteração nos circuitos do córtex pré-frontal, a parte do cérebro que observa, supervisiona, guia, direciona e concentra o nosso comportamento. Ele supervisiona as funções executivas, governando habilidades como gerenciamento, julgamento, controle de impulso, plenejamento, organização e pensamento crítico. Nossa habilidade, enquanto espécie que pensa, planeja antecipadamente, usa o tempo com sabedoria e se comunica com os outros, é extremaente influenciada por esta parte do cérebro. O córtex pré-frontal é responsável por condutas necessárias a que você se direcione para um objetivo de modo social, responsável e eficiente.

Algumas funções do cortex pré-frontal:
•Âmbito de Atenção
•Perseverança
•Julgamento
•Controle de Impulso
•Organização
Automonitoração e Supervisão
•Resolução de problemas
•Pensamento crítico
•Pensamento antecipado
•Aprendendo com a experiência
•Habilidade de sentir e expressar emoções
•Interação com o sistema límbico
•Solidariedade

Mais informações sobre DDA em:
http://www.universotdah.com.br/
http://en.wikipedia.org/wiki/Adult_attention-deficit_disorder

Publicado em 30 Março, 2008


Copyright© Silvia Helena Cardoso